GABARITO
(Pucsp) O trecho a seguir foi extraído do artigo "Desencontros sexuais", de Drauzio Varella, publicado na "Folha de S. Paulo", em 25 de agosto de 2005.

"Nas mulheres, em obediência a uma ordem que parte de uma área cerebral chamada hipotálamo, a hipófise libera o hormônio FSH (hormônio folículo estimulante), que agirá sobre os folículos ovarianos, estimulando-os a produzir estrogênios, encarregados de amadurecer um óvulo a cada mês.
FSH e estrogênios dominam os primeiros 15 dias do ciclo menstrual com a finalidade de tornar a mulher fértil, isto é, de preparar para a fecundação uma das 350 mil células germinativas com as quais nasceu."

O trecho faz referência a um grupo de células que a mulher apresenta ao nascer. Essas células são
 

ovogônias em início de meiose, presentes no interior dos folículos ovarianos e apresentam 23 cromossomos.
a ovócitos em início de meiose, presentes no interior dos folículos ovarianos e apresentam 46 cromossomos.
ovócitos em fase final de meiose, presentes no interior de folículos ovarianos e apresentam 23 cromossomos.
óvulos originados por meiose, presentes na tuba uterina e apresentam 23 cromossomos.
ovogônias em início de meiose, presentes na tuba uterina e apresentam 46 cromossomos.
   
(Uel) São vertebrados homeotérmicos, cuja excreção de produtos nitrogenados ocorre principalmente na forma de ácido úrico:  

a

somente as aves.
somente os mamíferos.
as aves e os mamíferos.
as aves e os répteis.
os anfíbios adultos e os mamíferos.
   
(Mackenzie) Um animal que vive em ambiente terrestre úmido deve apresentar respiração ...(1)... e excretar ...(2)... As lacunas 1 e 2 devem ser preenchidas correta e respectivamente por:  

branquial e amônia.
pulmonar e ácido úrico.
cutânea e ácido úrico.
pulmonar e amônia.
a cutânea e uréia.
   
(Fuvest) O sangue, ao circular pelo corpo de uma pessoa, entra nos rins pelas artérias renais e sai deles pelas veias renais. O sangue das artérias renais  

é mais pobre em amônia do que o sangue das veias renais, pois nos rins ocorre síntese dessa substância pela degradação de uréia.
é mais rico em amônia do que o sangue das veias renais, pois nos rins ocorre degradação dessa substância que se transforma em uréia.
é mais pobre em uréia do que o sangue das veias renais, pois os túbulos renais secretam essa substância.
a é mais rico em uréia do que o sangue das veias renais, pois os túbulos renais absorvem essa substância.
tem a mesma concentração de uréia e de amônia que o sangue das veias renais, pois essas substâncias são sintetizadas no fígado.
   
(Fatec) A homeostase é a capacidade de o organismo regular o seu meio interno fisiológico, embora este esteja continuamente sujeito a modificações.
A ingestão de álcool etílico, presente nas bebidas alcoólicas, inibe o hormônio antidiurético (ADH) e, conseqüentemente, aumenta a diurese, provocando uma indisposição denominada "ressaca", em que a pessoa bebe muita água.

Assinale a alternativa que explica, em parte, a ressaca.
 

A ativação do ADH pelo álcool etílico leva a um aumento do volume urinário, diminuindo a sede.
A ativação do ADH pelo álcool etílico leva a uma diminuição do volume urinário, o que dilui os líquidos biológicos, provocando sede.
A inativação do ADH leva a um aumento do volume urinário e, conseqüentemente, à diminuição da concentração dos solutos nos líquidos biológicos (plasma, linfa e substância intercelular), diminuindo a vontade de beber água.
A inativação do ADH leva a um aumento do volume urinário e, conseqüentemente, da concentração dos líquidos biológicos (plasma, linfa e substância intercelular), diminuindo a sede.
a A inativação do ADH leva a um aumento do volume urinário e, conseqüentemente, da concentração de solutos nos líquidos biológicos (plasma, linfa e substância intercelular), provocando muita sede.
   
(Fatec) A água ocupa 70% da superfície da terra, sendo que desse total 97% são água salgada. Dos 3% de água doce, 0,01% vai para os rios, ficando disponível para uso.

Levando-se em conta que a água é um elemento essencial à vida, na falta de água potável não podemos beber água salgada porque:
 

o sal ingerido é excretado pela pele e há obstrução das glândulas sudoríparas.
o excesso de sal causa diminuição de transpiração e aumento de temperatura, provocando a desnaturação das proteínas do corpo.
os sais ingeridos provocam alteração no processo de digestão dos alimentos.
a o sal ingerido em excesso leva a um desequilíbrio osmótico nos néfrons, o que provoca desidratação.
o aumento da quantidade de sais provoca diminuição da corrente sanguínea e, conseqüentemente, parada cardíaca.
   
(Fuvest) A degradação dos aminoácidos ingeridos na alimentação gera como subproduto a amônia. Nos mamíferos, a amônia é transformada em uréia. Esse processo ocorre:  

no pâncreas.
a no fígado.
nos rins.
na bexiga urinária.
no baço.
   
(Fuvest) Os rins artificiais são aparelhos utilizados por pacientes com distúrbios renais. A função desses aparelhos é  

oxigenar o sangue desses pacientes, uma vez que uma menor quantidade de gás oxigênio é liberada em sua corrente sangüínea.
nutrir o sangue desses pacientes, uma vez que sua capacidade de absorver nutrientes orgânicos está diminuída.
retirar o excesso de gás carbônico que se acumula no sangue desses pacientes.
retirar o excesso de glicose, proteínas e lipídios que se acumula no sangue desses pacientes.
a retirar o excesso de íons e resíduos nitrogenados que se acumula no sangue desses pacientes.
   
(Puc-rio) Para considerarmos um exame de urina como normal, em um indivíduo da espécie humana, devemos encontrar nesta urina somente as seguintes substâncias:  

água, uréia e proteína.
água, açúcar e proteína.
água, açúcar e uréia.
água, amônia e açúcar.
a água, uréia e sais.
   
(Pucpr) Um indivíduo sobrevivente de um naufrágio, sem suprimento de água potável, poderia sobreviver por mais tempo caso evitasse alimentar-se, exclusivamente, de peixes.

Assinale a opção que justifica a afirmativa acima:
 

a

O aumento da excreção renal de uréia, proveniente do catabolismo protéico, acarretaria maior perda de água pelo seu organismo.
O aumento da excreção renal de ácido úrico, proveniente do catabolismo protéico, acarretaria perda de água pelo seu organismo.
A elevada concentração de sal no peixe induziria à desidratação por aumento de excreção de cloreto de sódio e água.
O aumento do catabolismo protéico aceleraria o consumo de água metabólica.
A carne de peixe contém, normalmente, concentrações elevadas de ácido úrico que, ao ser excretado, provocaria desidratação.
   
(Pucsp) Considere dois indivíduos adultos, metabolicamente normais, designados por A e B.

O indivíduo A tem uma dieta rica em proteínas e pobre em carboidratos. O indivíduo B, ao contrário, tem uma dieta pobre em proteínas e rica em carboidratos.

Pode-se prever que na urina do indivíduo A exista
 

menor concentração de uréia que na urina de B e que a concentração de glicose seja a mesma na urina de ambos.
a maior concentração de uréia que na urina de B e que não se encontre glicose na urina de ambos.
maior concentração de uréia e maior concentração de glicose que na urina de B.
menor concentração de uréia e menor concentração de glicose que na urina de B.
a mesma concentração de uréia e glicose que a encontrada na urina de B.
   
(Pucsp) João, que era vegetariano, passou a consumir regularmente carne bovina. Exames médicos revelaram um aumento de uréia em seu organismo após a mudança de hábito alimentar, o que se deveu a  

aumento da ingestão de amido.
diminuição da ingestão de proteínas.
a aumento da ingestão de proteínas.
diminuição da ingestão de gorduras.
aumento da ingestão de gorduras.
   
(Uel) Sabe-se que a hemodiálise é um procedimento utilizado para o tratamento de problemas renais e pressão arterial elevada. Analise a alternativa que indica corretamente os fenômenos desencadeantes da pressão arterial elevada.  

a

Aumento da concentração de sódio e retenção de água.
Alta eliminação de cloreto de sódio e de amônia.
Poliúria e eliminação de substâncias tóxicas.
Incapacidade de reabsorção renal de glicose e poliúria.
Reabsorção renal de aminoácidos e de glicose.
   
(Ufpi) Assinale a alternativa que complementa corretamente o texto abaixo.

"Quando bebemos __________ percebemos que urinamos mais freqüentemente. A explicação para este fenômeno é que o (a) __________ inibe a liberação do hormônio __________, produzido pelo (a) __________ ."

 

suco de laranja - vitamina C - adrenalina - medula adrenal
café - cafeína - oxitocina - hipófise
a cerveja - álcool - antidiurético - hipófise
whisky - malte - prolactina - hipófise
vinho - álcool - insulina - pâncreas
   
(Ufpi) Há uma desordem hormonal chamada diabetes insipidus, que é causada por uma falha na produção do hormônio anti-diurético (ADH). Assinale a alternativa que descreve corretamente as conseqüências dessa desordem.  

a

Aumento na produção de urina e diminuição do volume dos fluidos corporais.
Falta de sede e diminuição do volume dos fluidos corporais.
Aumento na concentração de glucose sangüínea e perda de peso.
Diminuição da concentração de insulina sangüínea e aumento da glucose sangüínea.
Aumento da concentração de insulina sangüínea e diminuição da glucose sangüínea.
   
 

I e III
II e IV
I, II e III
a I, III e IV
II, III e IV
   
 

a

O peixe1 é marinho, e o peixe 2 é dulcícola.
O peixe 1 busca a isotonia, e o peixe 2 se encontra em isotonia.
A ingestão de água acontece nos dois casos para a diluição do sangue.
Os rins excretam a mesma quantidade de sais nos dois peixes.
Os peixes excretam ácido úrico.
   
(Pucpr) Excreção é um processo de remoção de substâncias tóxicas ou inúteis do interior dos organismos, realizado por estruturas especializadas. Analise os 5 exemplos, verificando se há correspondência entre o animal e a estrutura excretora.

Animal Estrutura para excreção

I - gafanhoto  tubo de Malpighi
II - planária  célula flama
III - esquilo  rim
IV - minhoca  nefrídio
V - hidra  vacúolo contrátil

Estão corretas:
 

apenas II, III e IV.
apenas III, IV e V.
a apenas I, II, III e IV.
apenas II, III, IV e V.
apenas I, II e III.
   
(Pucrj) Os tipos de excretas de animais estão intimamente relacionados ao ambiente em que vivem. Assinale a alternativa que correlaciona corretamente o grupo animal e seu tipo de excreta com a justificativa ecologicamente correta:  

peixes excretam uréia porque esta é menos tóxica e tem maior solubilidade na água.
mamíferos excretam amônia porque esta é mais tóxica e tem menor solubilidade na água.
a aves excretam ácido úrico porque este é menos tóxico e tem menor solubilidade na água.
rãs excretam ácido úrico porque este é menos tóxico e tem maior solubilidade na água.
cobras excretam amônia porque esta é menos tóxica e tem menor solubilidade na água.
   
(Ufc) Ao longo da história evolutiva do Reino Animal, os mecanismos fisiológicos foram se aperfeiçoando em cada táxon. No que se refere à excreção, o mecanismo mais primitivo de eliminação de excretas utilizado pelos metazoários é formado por:  

brânquias, já que a vida originou-se no ambiente aquático.
nefrídios, que comunicam a cavidade corporal com o meio externo.
a células-flama, que possuem uma extremidade que se abre na superfície corporal.
glomérulos, ligados aos vasos sanguíneos, que reabsorvem água, íons e outras substâncias.
túbulos de Malpighi, onde ocorre passagem dos resíduos da digestão diretamente para o exterior.
   
(Ufpe) Assinale a alternativa que indica animais cujos principais produtos de excreção são: a uréia (animais ureotélicos) e o ácido úrico (animais uricotélicos), respectivamente.  

Répteis e peixes ósseos.
Aves e insetos.
Anfíbios e peixes ósseos.
a Mamíferos e aves.
Répteis e muitos anfíbios.
   
 

I, II e V.
III e V.
a IV e V.
II e IV.
I, III e V.
   
(Ufrs) Relacione as colunas a seguir, identificando corretamente os tipos de estruturas excretoras dos animais:

1 - ameba
2 - rato
3 - minhoca
4 - planária
5 - gafanhoto

( ) tubos de Malpighi
( ) nefrídios
( ) rins
( ) vacúolo pulsátil
( ) células-flama

A ordem correta, na segunda coluna, de cima para baixo, é
 

2 - 1 - 5 - 3 - 4
a 5 - 3 - 2 - 1 - 4
4 - 1 - 2 - 5 - 3
1 - 4 - 2 - 3 - 5
5 - 4 - 3 - 2 - 1
   
(Ufscar) A pomba, a cobra e o gafanhoto eliminam excretas nitrogenadas na forma de  

ácido úrico que, sendo solúvel, torna o animal independente de água.
uréia que, sendo quase insolúvel, pode ser excretada com pouca perda de água.
amônia que, sendo altamente solúvel, torna o animal independente do meio aquático.
uréia que, sendo solúvel, difunde-se no sangue e é facilmente eliminada pelos rins.
a ácido úrico que, sendo quase insolúvel, pode ser excretado com pouca perda de água.
   
(Ufsm) Assinale a alternativa correta quanto aos produtos de excreção em animais.  

A amônia ocorre, principalmente, em animais terrestres.
A uréia ocorre, principalmente, nas formas aquáticas de água doce.
O ácido úrico ocorre, principalmente, em formas aquáticas marinhas.
A uréia dissolvida em água ocorre em moluscos terrestres, insetos e alguns répteis, formando urina.
a O ácido úrico em forma pastosa ocorre em insetos, alguns répteis e aves, sendo eliminado junto com as fezes.
   
Ufsm) A eliminação de excretas, nos vertebrados, constitui um dos grandes problemas de adaptação ao meio, uma vez que esses resíduos são altamente tóxicos. O grupo amina (NH‚), proveniente do metabolismo das proteínas, é convertido em compostos chamados genericamente de resíduos nitrogenados, sendo os mais comuns a amônia, a uréia e o ácido úrico.
Considerando as características de toxicidade, solubilidade e difusibilidade através das membranas desses compostos, pode-se dizer que os animais que excretam amônia, uréia e ácido úrico são, respectivamente,
 

peixes cartilaginosos - anfíbios adultos - mamíferos.
a peixes ósseos - mamíferos - aves.
mamíferos - aves - répteis.
anfíbios (larva) - peixes cartilaginosos - mamíferos.
répteis - mamíferos - aves.
   
 

a

proteínas, amônia, mamíferos, ácido úrico.
carboidratos, ácido úrico, mamíferos, amônia.
carboidratos, amônia, répteis, ácido úrico.
proteínas, ácido úrico, invertebrados aquáticos, amônia.
lipídios, amônia, invertebrados terrestres, ácido úrico.
   
(Puc-rio 2008) Um indivíduo ao ingerir certa quantidade de bebida alcoólica geralmente apresenta uma necessidade maior de urinar. Este fato ocorre porque o álcool:  

estimula a produção do hormônio ADH.
aumenta a eliminação de açúcar pela urina.
a inibe a produção do hormônio ADH.
inibe o funcionamento do fígado.
estimula o funcionamento do pâncreas.
   
 

FSH, LH, Progesterona, Estrogênio
a Estrogênio, Progesterona, Ocitocina, Prolactina
Progesterona, Gonadotrofina coriônica, Prolactina, Ocitocina
Estrogênio, Progesterona, LH, FSH
LH, Estrogênio, Ocitocina, Prolactina
   
(Uel) Em um experimento para se determinar a importância dos hormônios hipofisários na reprodução de mamíferos procedeu-se à remoção da hipófise (hipofisectomia) de um grupo de ratas adultas. Após a hipofisectomia, os animais receberam doses fisiológicas de hormônio folículo-estimulante (FSH) e hormônio luteinizante (LH). Como resultado deste procedimento experimental, espera-se que:  

Os ovários permaneçam inativos.
Não ocorra mais ovulação.
a Ocorra liberação de estrógenos e ovulação.
Ocorra atrofia uterina.
Desapareçam as características sexuais secundárias.
   
(Ufes) A hipófise produz e secreta uma série de hormônios que têm ação em órgãos distintos, sendo, portanto, considerada a mais importante glândula do sistema endócrino humano.
Sobre os hormônios hipofisários, é CORRETO afirmar que
 

o FSH, produzido na hipófise anterior, facilita o crescimento dos folículos ovarianos e aumenta a motilidade das trompas uterinas durante a fecundação.
a a vasopressina, secretada pelo lobo posterior da hipófise, é responsável pela reabsorção de água nos túbulos renais.
o hormônio adenocorticotrópico (ACTH) é um esteróide secretado pela adeno-hipófise e exerce efeito inibitório sobre o córtex adrenal.
o comportamento maternal e a recomposição do endométrio, após o parto, ocorrem sob a influência do hormônio prolactina.
o hormônio luteinizante atua sobre o ovário e determina aumento nos níveis do hormônio folículo estimulante (FSH) após a ovulação.
   
(Ufv) O homem cresce, de um modo geral, até próximo aos 20 anos. O crescimento em altura do indivíduo é coordenado, principalmente, por atividade glandular. Assinale a alternativa que apresenta o nome da glândula que produz o hormônio de crescimento:  

Pâncreas.
a Hipófise.
Tireóide.
Rim.
Fígado.
   
(Ufv) Uma reportagem publicada em revista de circulação nacional afirmava que a ciência já é capaz de vencer a batalha em nove de cada dez casos de infertilidade. Um dos recursos utilizados atualmente para este fim é o método da fertilização "in vitro", no qual a ovulação é estimulada pelo uso de medicamentos sintéticos, e os óvulos produzidos são colocados em contato com os espermatozóides. Considerando que tais medicamentos são análogos a gonadotrofinas humanas, a sua função fisiológica substitui os seguintes hormônios:  

progesterona e prolactina.
estrógeno e progesterona.
luteinizante e ocitocina.
a luteinizante e folículo-estimulante.
estrógeno e prolactina.
   
(Ufc) Um amigo meu ficou sabendo que estava com câncer na tireóide e teria que se submeter a uma cirurgia para a retirada desse órgão. Ele foi informado de que, como conseqüência da cirurgia, teria que tomar medicamentos, pois a ausência dessa glândula:  

provocaria a ocorrência do aumento do volume do pescoço, caracterizando um quadro clínico conhecido como bócio endêmico.
reduziria a produção do hormônio de crescimento, provocando a redução de cartilagens e ossos, fenômeno conhecido como nanismo.
diminuiria a concentração de cálcio no sangue, levando à contração convulsiva das células musculares lisas, o que provocaria a tetania muscular.
comprometeria a produção do hormônio antidiurético, aumentando a concentração de água no sangue e diminuindo o volume de urina excretado.
a levaria a uma queda generalizada na atividade metabólica, o que acarretaria, por exemplo, a diminuição da temperatura corporal.
   
 

a

Insulina; pâncreas.
Insulina; fígado.
Insulina; hipófise.
Glucagon; fígado.
Glucagon; supra-renal.
   
(Pucrj) Ao fazer um exame sangüíneo, um indivíduo constata em seu resultado que sua taxa de hemoglobina está mais baixa que o normal, e que sua taxa de açúcar está acima do nível considerado normal. Seu médico suspeitará imediatamente de que este indivíduo pode estar com as seguintes alterações metabólicas, respectivamente:  

hemofilia e anemia.
a anemia e diabetes.
leucemia e diabetes.
hipoglicemia e obesidade.
diabetes e hemofilia.
   
(Pucsp) "Após o processo de digestão, moléculas de glicose são armazenadas no _____I_____ na forma de glicogênio. Daí, a glicose é encaminhada para o sangue, sendo sua taxa controlada pela insulina, hormônio produzido no _____II_____".

No trecho apresentado, as lacunas I e II devem ser preenchidas, correta e respectivamente, por
 

fígado e duodeno.
a fígado e pâncreas.
pâncreas e fígado.
pâncreas e duodeno.
duodeno e pâncreas.
   
Certo medicamento inibe o funcionamento da enzima responsável pela degradação de uma substância I, que estimula a produção de insulina.

Se uma pessoa ingerir dose diária desse medicamento, adequada a seu organismo, deverá apresentar
 

aumento dos níveis de glicose no sangue, uma vez que sua atividade pancreática aumentará.
redução dos níveis de glicose no sangue, uma vez que a atividade da substância I diminuirá.
aumento dos níveis de glicose no sangue, pois a produção de insulina será estimulada.
a redução dos níveis de glicose no sangue, pois a produção de insulina será estimulada.
maior degradação de glicogênio no fígado, o que implicará redução dos níveis de glicose no sangue.
   
(Ufg) Diabetes mellitus é uma disfunção do pâncreas. O indivíduo diabético pode apresentar vários sintomas, entre eles a fraqueza muscular, que é decorrente  

do excesso de glicose no sangue e do risco de desidratação.
da conversão de glicose em glicogênio e de seu armazenamento.
a da redução de absorção de glicose e de seu consumo.
da formação de corpos cetônicos e da redução do pH no sangue.
da reabsorção do excesso de glicose pelos túbulos renais e da elevação do teor de açúcar no sangue.
   
(G2) O hormônio folículo-estimulante induz as células foliculares a liberar estrógeno, responsável pelo crescimento do endométrio. As estruturas relacionadas com a descrição acima são:  

hipófise, tiróide e testículo.
a hipófise, ovário e útero.
tiróide, supra-renal e útero.
pâncreas, ovário e supra-renal.
pâncreas, tiróide e testículo.